FEEDBACK NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: FERRAMENTA PARA APRENDIZAGEM

Este texto tem por objetivo se debruçar pelos sentidos e significados – teóricos e práticos, de acordo com a teoria de vygotsky - da palavra feedback e, por conseguinte, das potencialidades desta ação no processo de aprendizagem de alunos inseridos no ensino superior, em instituições que oferecem educação na modalidade a distância (ead). A presente pesquisa possui caráter exploratório, articulado a estudo bibliográfico, pois procuramos embasar teoricamente sobre o assunto atrelando-o às perspectivas dos tutores que participaram desta pesquisa. Logo, a metodologia possui características qualitativas. O feedback é um dos elementos presentes no processo de ensino e aprendizagem utilizado na ead pelo professor/tutor por meio de mensagens (linguagem escrita) aos discentes, via recursos disponíveis no ambiente virtual de aprendizagem. A mensagem, por ser escrita, está condicionada a um cuidado do emissor e à interpretação do receptor, tornando o feedback uma prática complexa e importante para o processo formativo do aluno. Neste sentido, é importante abordar também o papel do tutor para com o uso deste instrumento de mediação do conhecimento, que não só permite a aprendizagem, mas a consolida de forma progressiva, promovendo ainda outros benefícios, conforme alegações de tutores que atuam na ead. Em linhas gerais, podemos inferir que o feedback se constitui uma ferramenta fundamental no processo de ensino e aprendizagem e recíproca aos sujeitos imersos no contexto da ead, pois esta prática envolve aspectos cognitivos e afetivos, promove aproximação, principalmente entre tutor e aluno, orienta e aprimora suas práticas no processo educativo, no qual são corresponsáveis.

Autor:
Jeniffer de Souza Faria
Kenya Jeniffer Marcon