Da Alemanha para a EAD UNITAU: aluna conta como iniciou sua graduação

Ivonete de Oliveira está cursando o 5º semestre de Superior em Tecnologia de Apicultura e Meliponicultura. Antes de ingressar na graduação, já havia feito um curso básico em Apicultura, mas nunca parou de buscar uma profissionalização.

Especialização

A aluna conheceu a EAD UNITAU por indicação de amigos. Depois de fazer uma pesquisa, ela resolveu iniciar sua graduação. “Ingressei no curso porque estava querendo me profissionalizar em Apicultura, pois já atuava na área, mas sempre tinha uma vontade de aprender mais”, conta.

Na Alemanha, é frequente utilizar mel na culinária, principalmente nas refeições do café da manhã. Ivonete, que há 5 anos trabalha com produção de mel, fala como seguiu esse caminho.

“Eu sempre me interessei por essa área. O meu trabalho começou por uma necessidade. Depois de um tempo, o meu colega faleceu, pois já era idoso. Então, eu assumi toda a produção sozinha. Meu marido me ajudou por um tempo, mas hoje sou só eu basicamente”.

Distância

A estudante migrou para a Alemanha em 2001, com a intenção de aperfeiçoar o idioma, mas ela ficou tão encantada com a cultura local, que acabou ficando. “Eu não tinha a intenção de ficar tanto tempo, mas a gente vai conhecendo mais e acaba gostando. Então, decidi construir minha vida aqui”, explica.

Para realizar as provas, Ivone vai ao Polo de Tucano, no Estado da Bahia, a cada três meses, e aproveita para rever os familiares e amigos.

“É engraçado, porque, mesmo longe, eu consigo conciliar as aulas presenciais com o meu trabalho. Estou sempre atenta aos prazos, o que me ajudou a desenvolver mais responsabilidade”, expressa. “E também quando vou para o Brasil, arrumo um jeito para ver meus familiares e amigos, assim matamos a saudade”, complementa.

Aprendizado

Ivonete, após iniciar o Superior em Tecnologia de Apicultura e Meliponicultura, já começou a obter resultados, quando pode colocar em prática o que era falado nas aulas. “Eu vejo isso tudo como uma grande oportunidade, porque já estou trabalhando na área e consigo aplicar o que aprendi”, observa.

Apesar de executar funções na área de apicultura, a aluna conta que está disposta a atuar em outros campos. “Estou aberta para conhecer outras áreas também. Gostaria muito de aprender melhor sobre Agropecuária e Policultura”.

“A EAD UNITAU tem ótimos professores, e apesar da distância sempre dão apoio. Mas também precisa da força de vontade de nós estudantes; então, temos que ter um planejamento de estudos, para não deixar passar os prazos. Mas estou muito contente com todo o aprendizado que obtive até agora”, finaliza.

 

          Nathália Sobral

Assessoria de Comunicação EPTS/UNITAU