Bióloga cursa licenciatura para se tornar professora

A licenciatura em Ciências Biológicas permite que a Biologia seja aplicada no contexto escolar. Licenciados na área podem dar aulas para turmas do ensino fundamental e médio, além de desenvolver ações educativas para escolas ou, por exemplo, museus.

Esse é o caso da Marianni Rodrigues, aluna da EAD UNITAU. Ela concluiu o bacharelado em Ciências Biológicas em 2008 e depois fez mestrado na área. Pelo desejo de atuar na rede municipal de ensino, buscou a licenciatura. “Eu queria dar aulas em escola pública. Passei em um processo seletivo, mas eles não aceitavam mestrado, então eu tinha que fazer a licenciatura”, conta Marianni.

Flexibilidade

Na EAD UNITAU, a estudante encontrou horários flexíveis e preço acessível, o que a proporcionou a conciliação entre o curso e a vida profissional. “No contexto socioeconômico de hoje, a maior parte da população precisa trabalhar para pagar o ensino superior”, pontua a Profa. Dra. Maria Cristina Prado Vasques, coordenadora da licenciatura em Ciências Biológicas. “Os alunos recebem todo o conteúdo teórico na plataforma virtual de ensino, o que possibilita que acessem a matéria a hora que quiserem”.

EAD é fácil?

No início, Marianni acreditava no mito que diz que a educação a distância é mais fácil do que a presencial. Logo que começou, no entanto, descobriu que é preciso se empenhar na modalidade. “A dedicação tem que ser até maior para suprir as suas necessidades, você não tem o professor fisicamente ali para te explicar, então você tem que estudar mais”, explica a aluna.

Preparação para o mercado

A matriz curricular e os docentes do curso são preparados para que o aluno se forme apto a dar aulas no ensino fundamental e médio. “Como equipe acadêmica, nós temos a responsabilidade de formá-lo como professor de Biologia”, afirma a coordenadora. “Esta matriz abrange as disciplinas específicas necessárias para a formação de um profissional em Ciências Biológicas, como as disciplinas Pedagógicas, que dão base para a formação do futuro professor”.

Mesmo antes de se formar, Marianni já utiliza o conhecimento das aulas para aprimorar sua atuação em uma agência transfusional. “As disciplinas que curso são da parte filosófica e educacional, isso faz com que eu entenda muita coisa em relação à origem do homem, às questões de relacionamento”, analisa. “Isso me influenciou muito a olhar para o outro de forma diferente. A disciplina Libras, por exemplo, despertou a minha curiosidade para conseguir me comunicar com colaboradores portadores de deficiência auditiva”.

Prática e provas

Além das disciplinas cursadas online, os estudantes passam por momentos de prática, como as aulas de campo e o laboratório. Uma vez por mês, ao final de cada módulo, o aluno comparece ao polo para a realização da prova oficial.

 

Marina Lima

Assessoria de Comunicação – EPTS/UNITAU