150 anos de humanismo e não violência é tema de evento de ciências humanas

Na última terça-feira, 10, os alunos dos cursos de História, Filosofia e Sociologia da EAD UNITAU participaram de uma palestra ministrada pela Profa. Dra. Patrícia Teixeira dos Santos, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

A não-violência

Na palestra, a Profa. Patrícia ressaltou sobre a vida de Mahatma Gandhi, focando em suas ideologias humanistas. “Gandhi foi um grande defensor dos direitos humanos. Era totalmente contra a violência e acreditava em um mundo onde ironicamente a única arma a ser utilizada seriam as palavras e os movimentos pacifistas”.

A palestrante também citou algumas frases de Gandhi, por meio das quais ele queria mostrar para a sociedade que a violência nunca será a solução. “Quando Gandhi diz, por exemplo, “Olho por olho, e o mundo acabará cego”, ele está falando exatamente isto: se as atitudes violentas forem a solução para os problemas, não restará ninguém”.

Humanização

Quando questionada sobre o que os jovens universitários podem fazer para tornar o país mais humano, a Profa. Patrícia fala que os “jovens podem promover ações de extensão para a comunidade,  como cursos de acesso à literatura, à poesia, porque a juventude que está fora sente muita falta de ser incluída”.

Patrícia finaliza com uma mensagem de esperança para a sociedade brasileira. “Reconheça que nós temos uma tradição de humanismo e não violência na nossa história. Acredite nesse valor humano, pois nenhum sistema ou poder externo pode tirar nossa autonomia, nossa liberdade”, encerra.

 

Nathália Sobral

Assessoria de Comunicação EPTS/UNITAU